Como tratar a artrite de maneira natural

Artrite é o termo geral utilizado para as condições que causam a inflamação das articulações e dos tecidos ao redor. Reunimos neste post alguns alimentos naturais que ajudam a tratar a artrite, controlando a inflamação e aliviando as dores nas articulações.

Qual a diferença entre Osteoartrite e Artrite Reumatoide?

As articulações são os locais do corpo onde os ossos se encontram, como os joelhos, pulsos, quadris, dedos dos pés e das mãos. Quando estas regiões são acometidas por um processo inflamatório, damos o nome de artrite.

Existem diversos tipos de artrite, os mais conhecidos são a osteoartrite e a artrite reumatoide (AR). Veja a seguir as principais diferenças entre elas.

Osteoartrite

Segundo a Sociedade Brasileira de Reumatologia, a osteoartrite, também conhecida como osteoartrose, é a forma mais comum de artrite. Essa doença afeta milhões de pessoas em todo o mundo, principalmente os indivíduos de idade mais avançada.

Essa doença se manifesta predominantemente em regiões articulares, como mão, joelho e na articulação coxofemoral (articulação do quadril). É caracterizada pelo desgaste da cartilagem e pela alteração na estrutura dos ossos, como os osteófitos – também conhecidos como “bico de papagaio”.

A doença ocorre quando a cartilagem protetora nas extremidades dos ossos se desgasta. Não há cura para a osteoartrite e as dores podem aumentar com o tempo, mas a prática de hábitos saudáveis pode retardar a progressão da doença e ajudar a melhorar a dor, a mobilidade e a flexibilidade. Dentre eles podemos destacar:

  • Praticar atividade física;
  • Manter seu peso ideal (índice de massa corpórea considerado normal);
  • Estabelecer uma dieta equilibrada.

Artrite Reumatoide (AR)

Por sua vez, de acordo com a Sociedade Brasileira de Reumatologia, a Artrite Reumatoide (AR) é uma doença inflamatória autoimune que afeta principalmente as articulações dos dedos das mãos e punhos, podendo ocorrer também em cotovelos, ombros, joelhos, pés e tornozelos.

A causa da doença é desconhecida e afeta duas vezes mais mulheres que homens. Os sintomas mais comuns são:

  • Dores;
  • Edema;
  • Calor;
  • Vermelhidão;
  • Rigidez matinal;
  • Fadiga;
  • Destruição da cartilagem a longo prazo.

Ter uma doença autoimune significa que o organismo libera enzimas que atacam seus próprios tecidos saudáveis. No caso da AR, essas enzimas destroem o revestimento das articulações, provocando inflamação, dor, inchaço, rigidez, deformação e redução dos movimentos e funções articulares.

Como tratar artrite de maneira natural?

Uma alimentação equilibrada é muito importante para os pacientes portadores de qualquer tipo de artrite. Os nutrientes ajudarão não somente a retardar a progressão da inflamação, mas também a alcançar um peso saudável.

A obesidade é considerada um dos fatores de risco para o desenvolvimento e agravamento das doenças articulares. Isso ocorre porque o excesso de peso sobrecarrega as articulações, assim, pacientes acima do peso devem fazer uma dieta de emagrecimento. Com a perda de apenas alguns quilos, já será possível perceber uma diferença significativa no aumento da qualidade de vida.

Alimento que devem ser evitados

Existem alguns alimentos que não são recomendados, como aqueles potencialmente inflamatórios. Se já existe um processo inflamatório no local, consumir esses alimentos vai potencializar a inflamação e agravar os sintomas. Alimentos com potencial inflamatório que devem ser evitados:

  • Carne vermelha gordurosa (picanha, acém, contrafilé);
  • Açúcar refinado;
  • Sucos industrializado e refrigerantes;
  • Massas e pães de farinha branca.

Alimentos que ajudam no alívio das dores articulares

Veja a seguir os alimentos que contribuem para o controle da inflamação das articulações e para o alívio dos sintomas:

  • Frutas cítricas;
  • Carnes magras (filé mignon, alcatra, patinho, frango, peixe);
  • Vegetais de coloração verde-escura;
  • Nozes, amêndoas e castanhas;
  • Legumes;
  • Grãos integrais;
  • Alimentos ricos em Ômega 3.

Ômega 3

O Ômega 3 é um tipo de gordura, conhecida como ácido graxo, e especialmente importante para pessoas que sofrem com artrite, pois possui ação anti-inflamatória. Os ácidos graxos são obtidos pela quebra de moléculas de gordura. Existem 3 tipos de ácidos graxos: saturados, monoinsaturados e poli-insaturados.

O Ômega 3 é um ácido graxo poli-insaturado essencial, ou seja, nosso corpo não é capaz de produzir, sendo sua obtenção somente possível por meio da alimentação e de suplementos.

Existem três ácidos que formam o Ômega 3:

  • Ácido alfa-linolênico (ALA) – encontrado em óleos vegetais, como o de nozes e o de linhaça;
  • Ácido eicosapentaenoico (EPA) – encontrado em animais marinhos;
  • Ácido docosahexaenoico (DHA) – também encontrado em animais marinhos, como o peixe.

Portanto, inclua na sua dieta alimentos de sejam fonte de Ômega 3:

  • Sardinha;
  • Atum;
  • Truta;
  • Arenque;
  • Chia;
  • Linhaça.

Mas se você tem dificuldade em encontrar no mercado ou em consumir esses tipos de alimentos, suplementar Ômega 3 também é uma boa estratégia. Existem várias opções de suplementos a base desse ácido graxo, o que pode gerar muitas dúvidas.

É muito importante e ficar atento aos rótulos, e para saber mais dicas, você pode ler nosso post Ômega 3: como escolher e seus benefícios para a saúde.

Vitamina D

Tanto a osteoartrite quanto a artrite reumatoide costumam se manifestar junto com a osteoporose. A Vitamina D é dos nutrientes essenciais para a saúde dos ossos.

Para produzirmos essa vitamina de forma suficiente e eficiente, precisamos dos raios solares. O melhor horário para tomar um banho de sol é antes das 10h da manhã e depois das 4h da tarde.

Além de ser essencial para a saúde dos ossos, a Vitamina D participa de diversos processo bioquímicos no organismo e sua deficiência está relacionada a diversas doenças. Saiba mais sobre a vitamina D lendo nosso post: Conheça 9 Benefícios da Vitamina D.

A suplementação de Vitamina D é uma ótima alternativa para quem não se expõe com frequência ao sol. Consulte um profissional especializado para avaliar suas necessidades e garantir uma dosagem segura.

Cálcio

Outro nutriente que não pode faltar na dieta quando o assunto é a prevenção da osteoporose é o Cálcio. Assim, inclua na sua rotina alimentos ricos nesse mineral, como:

  • folhas verde-escuras,
  • gergelim,
  • leite e derivados,
  • amêndoas,
  • feijão,
  • grão de bico,
  • nozes.

O Cálcio e a Vitamina D são nutrientes naturais e fundamentais para o metabolismo dos ossos. Conheça outro alimentos importantes lendo nosso post Vitaminas e Minerais Essenciais para Fortalecer os Ossos.

Suplementos para tratar a artrite

Glucosamina e Condroitina

Os principais suplementos indicados pelos médicos para o tratamento da artrite são a glucosamina associada a condroitina e o colágeno tipo II.

A Glucosamina e a Condroitina são duas substâncias utilizadas no alívio das dores das artrites. A Glucosamina age na produção de substâncias que integram a matriz da cartilagem e do ácido hialurônico, que está presente no líquido sinovial (líquido presente nas juntas, tendões, ligamentos e cartilagem)

A Condroitina é um polissacarídeo presente nas articulações, constituído por substâncias responsáveis pela retenção de água e nutrientes. Isso ocorre graças a sua capacidade de facilitar o transporte de nutrientes através da cartilagem, além de controlar a circulação do líquido sinovial, que promove a lubrificação, nutrição e eliminação de substâncias indesejáveis.

A associação da Glucosamina com a Condroitina atua como adjuvante no tratamento da osteoartrite, osteoartrose, artrose (primária e secundária), artrite reumatoide e suas complicações, apresentando resultados promissores na remissão das dores, no restabelecimento dos movimentos articulares e na desaceleração da degradação da cartilagem.

Colágeno Tipo II

O BS II Colágeno é um suplemento a base de colágeno tipo II – uma proteína não desnaturada derivada da cartilagem do frango. Ele aumenta a densidade óssea e melhora a mobilidade das articulações, proporcionado mais força e conforto para desempenhar as atividades do dia a dia e praticar exercício físico.

É indicado para prevenção e alívio das inflamações articulares (artrite) e dos quadros de artrose (desgaste da cartilagem). Reduz também as ocorrências de lesões, principalmente em praticantes de atividade física.

Mudanças no estilo de vida são importantes para qualquer pessoa. Novos hábitos alimentares e a suplementação são grandes aliados no controle e na prevenção e tratamento de doenças articulares.

Lembre-se que o acompanhamento de um profissional especializado é fundamental e indispensável para garantir a melhor forma de tratamento.

Gostou do post? Então, nos conte: você já consome esses alimentos no seu dia a dia? Sabia da importância deles para tratar a artrite? Deixe seu comentário!

Conheça a BS Pharma!

BS Pharma é uma farmácia de manipulação que está há quase 30 anos no mercado farmacêutico, prestando um serviço com a qualidade e a segurança que nossos clientes merecem e precisam.

Possuímos um processo produtivo inovador e uma equipe altamente qualificada que permite a manipulação de fórmulas em 2 horas*.

Seguimos em frente com nossa missão: oferecer soluções em longevidade e bem-estar à sociedade através de serviços inovadores com excelência e agilidade.

Conheça nosso site, visite nossa loja, venha viver mais e melhor com a gente!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: