Conheça 9 Benefícios da Vitamina D

Até pouco tempo atrás, as funções da Vitamina D eram pouco comentadas. Seus benefícios mais conhecidos estavam relacionados à saúde dos ossos.

Por isso, no artigo de hoje preparamos um guia completo para que você entenda os benefícios da Vitamina D e porque ela é tão essencial para o nosso corpo. Confira!

Deficiência de Vitamina D

Com a rotina acelerada dos últimos tempos, permanecemos a maior parte do dia no interior de casa, trabalhando em escritórios ou no trânsito. Essas condições favorecem uma má alimentação e pouco tempo de exposição ao sol: principais fatores que acarretam a deficiência de Vitamina D nos dias de hoje.

A Vitamina D é extremamente essencial para o organismo. No entanto, a falta desse nutriente tem se tornado cada vez mais comum na população brasileira. Essa deficiência pode estar relacionada à falta regular da exposição à luz ultravioleta (UV) sobre a superfície da pele, já que esse processo é um dos principais fatores para que a Vitamina D se fixe no organismo.

Contudo, os baixos níveis de Vitamina D também podem ser decorrentes de algumas desordens que limitam a sua absorção e/ou fatores que possam vir a dificultar a conversão da Vitamina D na sua forma ativa, conhecida com calcitriol.

Além disso, muitas pessoas podem apresentar deficiência de Vitamina D e não saber, pois isso geralmente inicia-se de maneira silenciosa. Porém, em alguns casos a deficiência de Vitamina D pode causar os seguintes sintomas:

  • Fraqueza muscular;
  • Fadiga;
  • Cansaço mental;
  • Dores crônicas.

Portando é fundamental consultar um médico e solicitar um exame para dosar os níveis desta vitamina no sangue.

Valores de referência para Vitamina D

Segundo a Sociedade Brasileira de Patologia Clínica (SBPC), os Valores de Referência para Vitamina D são:

Deficiência: menor que 20,0 ng/mL

Os índices de Vitamina D nessa faixa podem deixar a pessoa mais propensa ao risco de fraturas nos ossos e a dificuldades de equilíbrio. Estes são sinais da extrema falta de Vitamina D no organismo, principalmente em idosos.

Insuficiência: de 20,0 a 29,9 ng/ml

Pessoas nesta faixa devem ficar atentas pois estão no limite entre os níveis considerados deficiência e os níveis recomendados, também conhecidos como suficiência.

Suficiência: igual ou superior a 30,0 ng/ml

Neste caso o corpo está mais protegido contra o desenvolvimento de doenças cardíacas, mental, obesidade e dos ossos. Não é necessário o uso de nenhum tipo de suplementação, mas as taxas devem ser mantidas bem equilibradas.

Risco de toxicidade: superior a 100,0 ng/ml

Assim, como tudo na vida, o excesso de Vitamina D no organismo também pode fazer mal. É muito importante realizar o doseamento dessa vitamina no sangue periodicamente, já que ela pode se acumular no corpo. O uso de suplementos sem acompanhamento médico pode trazer riscos à saúde, portanto, fique atento!

Benefícios da Vitamina D

A Vitamina D tem função fundamental no metabolismo ósseo no corpo humano. Ela facilita a absorção do cálcio, do fósforo e do magnésio pelo organismo.

Consequentemente, além de ajudar a fortalecer os ossos e mineralizar os dentes, ela promove o reforço muscular e previne o surgimento de diversas doenças — como diabetes, obesidade, esclerose múltipla e hipertensão. Dessa forma, a Vitamina D participa de diversos processos no organismo.

Nos ossos, onde a sua ação é mais conhecida, ela estimula a síntese de proteínas presentes na formação óssea, fazendo com que aumente o número e a movimentação dos osteoblastos — que são as células responsáveis pela produção do tecido ósseo. Assim, ela é essencial para o desenvolvimento e a sustentação da densidade óssea.

No intestino, a Vitamina D estimula a produção de uma proteína ligante que age na absorção do cálcio e do fósforo, facilitando a absorção desses minerais para a corrente sanguínea. Já nos rins, ela favorece a reabsorção do fósforo e do cálcio, que seriam eliminados pela urina, e os devolve para a circulação sanguínea.

Embora muitas pessoas tenham ouvido falar desse nutriente, poucas sabem da sua extrema importância para o bom funcionamento do organismo. Listamos 9 benefícios da Vitamina D que você não pode deixar de conhecer:

1. Aumenta a resistência dos ossos

Isso acontece porque a Vitamina D estimula a absorção do cálcio, mineral indispensável para o fortalecimento dos ossos e dos dentes. Consequentemente, ela também colabora para o crescimento saudável das crianças e diminui o risco da osteoporose e fraturas nos idosos.

Alguns suplementos recomendados para fortalecer os ossos já combinam vitaminas e minerais essenciais para a saúde dos ossos. O Cálcio MDK é uma fonte de suplementação segura, formada pela associação de Cálcio, Magnésio, Vitamina D3 e Vitamina K2. Ele auxilia na formação dos ossos, na coagulação sanguínea, na contração muscular e na saúde das articulações. 

2. Diminui o risco de diabetes

A Vitamina D auxilia no controle dos nos níveis da insulina e faz com que o organismo consiga processar o açúcar de maneira mais fácil — dessa forma, ela reduz a possibilidade de desenvolvimento da diabetes.

3. Protege os genes

A Vitamina D garante a proteção dos genes que compõem nosso DNA, evitando que estes se tornem vulneráveis às alterações nocivas — o que muitas vezes pode causar o desenvolvimento de doenças autoimunes, cardiovasculares e até mesmo câncer.

4. Melhora o desempenho mental

Em níveis adequados no organismo, a Vitamina D tem influência significativa sobre o desempenho mental, fazendo com que cérebro funcione melhor.

Ela contribui para a melhora nas funções da memória, no raciocínio, na concentração e no equilíbrio do corpo. Dessa forma, é minimizado o risco de desenvolvimento de problemas neurológicos, como a demência.

5. Protege contra doenças cardiovasculares

Esse nutriente exerce um papel importante no músculo cardíaco, uma vez que auxilia no processo de bombeamento do sangue para o corpo e participa da produção do hormônio responsável por regular a pressão arterial, a renina.

6. Fortalece o sistema imunológico

A Vitamina D atua como um modulador imunológico, tornando o organismo menos vulnerável a processos infecciosos. Estudos tem demonstrado a relação entre a deficiência de Vitamina D e a instalação de doenças como gripe, resfriados e até a Covid.

Ela é fundamental também para a prevenção de doenças autoimunes, que são aqueles causadas quando o organismo ataca suas próprias células. Entre as doenças autoimunes podemos citar a artrite reumatoide, a esclerose múltipla e a doença celíaca.

7. Melhora o humor

A Vitamina D também contribui para nosso humor. Isso acontece devido ao fato de que essa substância promove o equilíbrio hormonal e dificulta a ação do cortisol.

Consequentemente, há uma diminuição do estresse, da irritação e até mesmo da depressão e da ansiedade, favorecendo a melhora do humor.

8. Reduz os sintomas da TPM

A Vitamina D participa da regulação dos níveis de cálcio no organismo, o que influencia nas quantidades de estrogênio e ameniza os sintomas da TPM.

O cálcio também está envolvido nas contrações musculares que causam as cólicas, ao controlar esse mineral, a Vitamina D também é capaz de aliviar as cólicas menstruais.

9. Revigora a pele

Linhas de expressão, rugas e flacidez na pele podem ser melhoradas com a Vitamina D. Ela consegue acelerar a renovação da pele em cerca de 90%, já que é produzida pelo próprio organismo quando os raios solares transformam o colesterol em Vitamina D.

Assim, há um maior efeito reestruturação da epiderme, proporcionando uma melhor textura facial. Quando o assunto é pele, existe um mineral que não pode faltar na sua suplementação: o Silício Orgânico. Ele estimula a produção de colágeno e elastina, as chamadas de proteínas da beleza, indispensáveis para manter a saúde da pele, dos cabelos e das unhas.

Como aumentar os níveis de Vitamina D?

A vitamina D apresenta-se sob duas formas igualmente importantes para a nutrição:

  • Vitamina D3 (colecalciferol): forma de origem animal obtida de peixes gordurosos de água fria e profunda que pode ser encontrada em suplementos comercializados em Farmácias de Manipulação. Também é a forma produzida pelo nosso corpo quando a pele é exposta à luz solar direta.
  • Vitamina D2 (ergocalciferol): forma de origem vegetal obtida de fungos comestíveis.

Geralmente, para reverter o quadro de insuficiência é preciso promover algumas mudanças na rotina e acrescentar alguns hábitos diários, como:

Exposição aos raios solares

A exposição ao sol é a principal fonte de Vitamina D.  No entanto, para garantir a produção de vitamina D em níveis adequados, é fundamental a exposição ao sol de 15 a 20 minutos, no mínimo três vezes por semana.

Outra variável que está envolvida na ativação da Vitamina D é a quantidade de melanina na pele. Pessoas com pele mais escura precisam de mais tempo de exposição ao sol para produzirem a Vitamina D3 quando comparados àqueles com a pele clara.

O sol faz com que a pele absorva os nutrientes necessários para que o organismo produza a Vitamina D de forma natural, evitando a deficiência desta substância no corpo.

Mas atenção! Fique atento aos horários seguros para se expor ao sol: até às 10 horas da manhã e depois das 16 horas da tarde. Para saber mais sobre outros cuidados necessários veja nosso post 5 maneiras de se proteger dos danos causados pelo sol.

Consumir alimentos ricos em Vitamina D

Embora a síntese da Vitamina D seja obtida em maior parte por meio da exposição ao sol, esse nutriente também pode ser adquirido a partir de alguns alimentos de origem animal.

Nos seres humanos, apenas 10% a 20% da Vitamina D necessária à adequada função do organismo provém da dieta e pode ser encontrada em:

  • Sardinha;
  • Atum;
  • Salmão;
  • Ovos;
  • Óleo de fígado de bacalhau.

Esses alimentos, quando inseridos diariamente na dieta e associados a outras vitaminas e minerais, são capazes de combater a deficiência da Vitamina D no organismo.

Utilizar suplementos vitamínicos

O estilo de vida moderno faz com que muitas pessoas passem a maior parte do tempo em ambientes internos, como em casa, no carro e o escritório. Isso reduz a produção de Vitamina D por meio da exposição aos raios solares e combinado à dificuldade de manter uma alimentação balanceada e saudável, fornecem uma quantidade de vitamina inferior às necessidades diárias.

Nesse caso, o uso de suplementos se faz necessário. A Vitamina D pode ser encontrada em farmácias de manipulação na forma de gotas, cápsulas, cápsulas gelatinosas e pastilhas sublinguais.

Geralmente, o suplemento mais recomendado é a Vitamina D3, por ser a forma que nós produzimos naturalmente e considerado mais completo e eficaz.

Após ser ingerida, a Vitamina D passará por várias etapas de modificação até se transformar na sua forma ativa, o calcitriol. Ela segue para o fígado e depois para os rins, onde é ativada. Só então ela será distribuída para órgãos como cérebro, intestino, próstata, mamas, células imunológicas, entre outros.

Vale ressaltar que, ao contrário do que muitos pensam, o aumento do índice de Vitamina D não tem efeito imediato, uma vez que o organismo precisa readequar-se para sua produção.

Viu como não é à toa que a Vitamina D é tão falada por todos! Realmente essa é uma vitamina com diversos benefícios para a saúde e que não pode faltar na nossa dieta.

Gostou do post? Então compartilhe com seus amigos! Se ficou com alguma dúvida é só deixar registrado nos comentários aqui embaixo que iremos te responder.

Conheça a BS Pharma!

BS Pharma é uma farmácia de manipulação que está há quase 30 anos no mercado farmacêutico, prestando um serviço com a qualidade e a segurança que nossos clientes merecem e precisam.

Possuímos um processo produtivo inovador e uma equipe altamente qualificada que permite a manipulação de fórmulas em 2 horas*.

Seguimos em frente com nossa missão: oferecer soluções em longevidade e bem-estar à sociedade através de serviços inovadores com excelência e agilidade.

Conheça nosso site, visite nossa loja, venha viver mais e melhor com a gente!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: