5 Maneiras de se Proteger dos Danos Causados pelo Sol

O verão está aí, e na programação de muita gente já estão as praias, as piscinas, os clubes e os parques. É a época do ano mais esperada pelos amantes do sol e do bronzeado.

Mas nesta estação o cuidado com a exposição ao sol deve ser redobrado, pois os raios solares estão mais intensos e é fácil se distrair nas atividades ao ar livre e acabar se expondo excessivamente.

Para aproveitar o verão e se proteger dos danos causados pelo sol, listamos 5 maneiras simples para te ajudar nessa missão. 

Proteção solar

A radiação ultravioleta emitida pelo sol pode provocar diversas reações na pele, podendo até produzir danos mais graves como a queimadura solar e o câncer de pele.

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD) destaca a importância de se iniciar o uso de protetor solar ainda na infância, para minimizar os efeitos tardios dos raios ultravioletas.

De todos os agentes ambientais com potencial nocivo para a pele, o sol é o mais preocupante. Ele emite dois tipos de radiação ultravioleta; tipo A (UVA) e tipo B (UVB).

  • Radiação UVA – Tem uma intensidade de emissão constante durante todo o dia. Ela penetra mais profundamente na pele e tem efeito cumulativo, podendo provocar alterações celulares importantes como o fotoenvelhecimento e até mesmo o câncer de pele – chamados efeitos crônicos.
  • Radiação UVB – Essa, por sua vez, é mais intensa no verão e no horário compreendido entre 10h e 16h. Ela atinge a superfície da pele, provocando reações mais superficiais como: vermelhidão, calor local, queimaduras e manchas – chamados efeitos agudos.

Os efeitos cumulativos dos raios UVB também podem favorecer o desenvolvimento de câncer de pele. Além disso, é a radiação UVB que estimula a produção de Vitamina D.

Use protetor solar diariamente, principalmente no rosto, inclusive nos dias frios, nublados e chuvosos.  Mesmo nessas circunstâncias, 80% dos raios solares ainda ultrapassam as nuvens e atingem a superfície da Terra.

Mesmo dentro de casa, o uso de filtro solar é importante. Ele ajuda na proteção da pele contra a luz azul, emitida pelas lâmpadas, telas de computadores, TVs e celulares.

Esse tipo de radiação também é prejudicial para a pele e favorece seu envelhecimento. Se você fica muito exposto à equipamentos eletrônicos, certifique-se que o filtro solar que está utilizando te protege da luz azul.

Nos dias ensolarados, vale a pena se valer também de outros artefatos para proteger a pele dos raios ultravioletas, como chapéus, sombrinha e roupas com proteção UV.

Como se proteger dos danos causados pelo sol

Para se proteger e evitar as consequências da exposição prolongada ao sol, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) recomenda alguns hábitos de fotoproteção, que devem ser estabelecidos desde a infância. Fotoproteção é um conjunto de medidas com dois principais focos:

  • Redução do tempo de exposição ao sol;
  • Prevenção do desenvolvimento de danos agudos e crônicos dos raios ultravioletas na pele. 

As medidas adotadas no guia do Consenso Brasileiro de Fotoproteção são focadas na educação das pessoas. Ele orienta sobre a importância do cuidado da pele e da proteção contra os raios UVA e UVB.

Listamos a seguir 5 maneiras de se proteger dos raios solares, de forma simples e eficaz:

1. Use o protetor solar apropriado para a sua pele

A numeração do Fator de Proteção Solar (FPS) indica o grau de proteção que o filtro oferece contra queimaduras. Ou seja, se o filtro tem FPS 30, por exemplo, significa que a pele está 30 vezes mais protegida do que se não tivesse com o produto.

FPS fala apenas do grau de proteção contra raios UVB. O fator de proteção UVA é denominado FPUVA ou PPD. Por isso, é muito importante ler atentamente o rótulo do produto e verificar se o grau de proteção contra os raios UVA é adequado.

Tipos de protetor solar

Existem diferentes fórmulas de filtros solares disponíveis no mercado:

  • Gel – geralmente desenvolvidos para pele oleosas e com acne, conferindo um toque seco;
  • Creme – o creme é mais eficaz, mas geralmente contém uma textura mais oleosa;
  • Gel-creme – tem os mesmos benéficos do creme, mas contém toque seco, deixando a pele menos oleosa;
  • Spray – fórmula prática e de fácil aplicação, principalmente nas regiões com muito pelo;
  • – ótima opção para quem tem pele oleosa, sensível ou usa maquiagem o dia todo. É prático nas reaplicações durante o dia e ajuda a controlar a oleosidade;
  • Cápsulas – são usadas de forma conjunta com os protetores tópicos. Ele trabalha de forma interna, protegendo o DNA durante e após a exposição, porém não impede a penetração dos raios ultravioletas na pele. Por isso, é recomendado tomar o protetor solar em cápsulas e aplicar na pele o protetor solar comum.

Recomendações de uso

Quando falamos de protetores tópicos, devemos considerar as seguintes recomendações:

  • Use filtro solar diariamente. Aplique uma generosa camada nas áreas expostas ao sol, como rosto, pescoço, braços, mãos. Áreas como colo, lábios e orelhas também precisam de proteção, e geralmente são esquecidas nessa rotina. Então, aplique com cuidado, contemplando todas as áreas expostas.
  • Passe filtro solar com FPS de no mínimo 15. Se sua pele é muito clara e sensível, opte por protetores com FPS acima de 30.
  • Aplique o protetor no mínimo 30 minutos antes de se expor ao sol.
  • É recomendado reaplicar o protetor solar a cada 2 horas ou sempre que entrar na água ou transpirar muito.   
  • Todas as pessoas, independente da tonalidade de pele, devem aplicar protetor solar.
  • Bebês a partir de seis meses de vida também devem ser protegidos. Aplique um produto específico para a pele de bebê, indicado pelo pediatra.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) presume que aproximadamente 80% dos acúmulos de radiação solar que sofremos ao longo da vida acontecem até nossos 20 anos. Daí a importância da educação e do estabelecimento de hábitos de cuidados com a pele desde a primeira infância.

2. Evite horários com calor mais intenso

O melhor período do dia para tomar um banho de sol é nas primeiras horas do dia. Evite se expor excessivamente nos horários entre 10 horas da manhã e 4 horas da tarde, principalmente próximo ao meio-dia.

É justamente nesse período que há uma maior incidência de raios ultravioletas do tipo B, responsáveis por provocar as chamadas alterações agudas na pele, como vermelhidão, queimadura e manchas.

Dependendo da atividade, é impossível não se expor ao sol nesses horários, então, além de aplicar o filtro solar na pele, procure outras maneiras de se proteger do sol.

Se você sofre com manchas na pele, veja mais dicas no nosso post como clarear manchas na pele de forma segura e eficaz.

3. Outras maneiras de se proteger do sol

Protetores paliativos são todos os acessórios e artefatos que servem de barreira para a luz solar:

  • Utilize óculos de sol com proteção UV para proteger tanto a pele ao seu redor dos olhos quanto a visão;
  • Use roupas que cubram o corpo e proteja a pele da exposição ao sol;
  • Use acessórios como chapéus, bonés, viseiras e sombrinhas.
  • Caminhe na sombra. Veja a direção em que está o sol e procure andar do lado da rua com mais sombra. Isso vai ajudar a diminuir o contato dos raios solares com a pele.

Apesar de serem objetos simples e de uso comum, eles fazem toda diferença no dia a dia e são uma barreira física para os raios do sol.

4. Use roupas com proteção UV

Já é possível encontrar no mercado roupas com uma tecnologia diferenciada, em que os fios do tecido conseguem bloquear até 98% da ação dos raios ultravioleta em seu corpo.

Isso acontece porque os fios apresentam dióxido de titânio em sua composição, que é uma substância com poder bloqueador dos raios do sol.

Essas roupas são uma ótima alternativa para praticantes de ciclismo, escalada, trilha e outras atividades ao ar livre.

5. Alimente-se bem

Uma alimentação balanceada, com nutrientes adequados, pode ajudar a proteger a pele dos danos causados pelo sol.  

As Vitaminas E e C, por exemplo, atuam como antioxidantes e reparam os danos causados pelos raios ultravioletas. Aposte em alimentos ricos nessas vitaminas como:

  • Acerola;
  • Goiaba;
  • Espinafre;
  • Castanhas;
  • Azeite extra virgem.

A Vitamina C de uso tópico também é uma grande aliada para pele. Sua aplicação diária auxilia no clareamento de manchas e na uniformização do tom da pele. Ela pode ser encontrada em séruns clareadores que não podem faltar na sua rotina de skincare.

O Polypodium leucotomos é uma planta que apresenta propriedades anti-inflamatórias, sendo considerada o primeiro protetor solar em cápsulas com eficácia aprovada pelos dermatologistas. Estudos demonstraram que seu uso é capaz de bloquear o excesso de produção de mediadores inflamatórios que causam a vermelhidão da pele quando exposta ao sol.

O Pycnogenol é um extrato natural com ação antioxidante que protege a pele dos efeitos danosos dos radicais livres e previne o envelhecimento e a formação de manchas.

As Farmácias de Manipulação dispõem de diversos suplementos vitamínicos que podem te ajudar a incrementar sua nutrição e favorecer os cuidados com a saúde da pele.

Vale a pena lembrar que existem fórmulas especiais para o corpo, o rosto, os lábios e o cabelo, então, use o filtro solar específico para cada área do corpo.

O sol não é um vilão

Apesar de falarmos muito dos danos causados pelo sol e orientarmos o uso constante de protetores, ele não um vilão. Na verdade, necessitamos dos raios solares.

Muitas funções no nosso corpo só são possíveis com a presença de Vitamina D, e sua produção é estimulada pelos raios solares, especificamente o UVB.

Crianças e adolescentes, em fase de crescimento, precisam da luz do sol para seu desenvolvimento. Tanto que, uma das recomendações dos médicos é o banho de sol, que deve ser feito de acordo com a orientação, nos horários adequados e por tempo determinado.

O banho de sol também é uma recomendação importante para os idosos, pois a Vitamina D ajuda a fortalecer os ossos, evitando quadros de osteoporose e suas complicações. 

A Vitamina D é fundamental para a saúde dos ossos, da mente, para o fortalecimento do sistema imunológico, e várias outras funções essenciais para a saúde do organismo. 

Por isso, temos que entender que o que faz mal é a exposição prolongada e excessiva aos raios ultravioletas. A exposição moderada faz bem e é importante para nossa saúde e bem-estar.

Consulte um dermatologista e use o protetor solar mais adequado para sua idade e seu tipo de pele. Fique atento a qualquer alteração na cor natural e ao surgimento de manchas. Um acompanhamento profissional favorece a manutenção da saúde e o diagnóstico precoce de qualquer doença, possibilitando tratamentos mais eficazes.   

E você, já tem o hábito de usar protetor solar e outros protetores paliativos? Deixe seu comentário! Agora que você aprendeu como se proteger dos danos causados pelo sol, compartilhe com seus amigos!

Conheça a BS Pharma!

BS Pharma é uma farmácia de manipulação que está há quase 30 anos no mercado farmacêutico, prestando um serviço com a qualidade e a segurança que nossos clientes merecem e precisam.

Possuímos um processo produtivo inovador e uma equipe altamente qualificada que permite a manipulação de fórmulas em 2 horas*.

Seguimos em frente com nossa missão: oferecer soluções em longevidade e bem-estar à sociedade através de serviços inovadores com excelência e agilidade.

Conheça nosso site, visite nossa loja, venha viver mais e melhor com a gente!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: