Alteração intestinal e a deficiência de vitaminas

O intestino desempenha papel fundamental na manutenção da nossa saúde, e, para o intestino funcionar bem, é importante que a flora microbiana esteja em equilíbrio.

O intestino possui trilhões de microrganismos de milhões de espécies diferentes, que possuem funções importantíssimas no organismo, e quando acontece um desequilíbrio nessa população, muitos problemas podem se desenvolver, incluindo a deficiência de vitaminas.

O Que Causa o Desequilíbrio da Flora Intestinal

O desequilíbrio da microbiota intestinal também é chamado de disbiose. Essa alteração pode desencadear inflamações no intestino e diminuir a capacidade de absorção de nutrientes, o que pode comprometer a saúde geral do indivíduo.

Chamamos de microbiota intestinal, ou flora intestinal, o conjunto de microrganismos que habitam naturalmente o intestino. Esses microrganismos desempenham funções importantes na manutenção da integridade da mucosa intestinal e ajuda a impedir que microrganismos maléficos penetrem a parede intestinal e afetem a saúde.

Quando os microrganismos benéficos estão em equilíbrio, conseguem inibir a proliferação das espécies patogênicas (que causam mal à saúde) e, assim, mantém as funções intestinais em bom funcionamento.

Fatores que Podem Contribuir para a Disbiose Intestinal

  • Uso prolongado de medicamentos como antibióticos, anti-inflamatórios e corticoides;
  • Dieta pobre em fibras e pouca ingestão de água;
  • Consumo exagerado de bebida alcoólica;
  • Alergias alimentares;
  • Idade avançada;
  • Desequilíbrio emocional.

Algumas doenças também podem favorecer o desequilíbrio intestinal, como Síndrome do Intestino Irritável e a Síndrome Metabólica. O diagnóstico adequado e o acompanhamento médico são essenciais para promover uma melhor qualidade de vida e evitar a evolução dessas alterações para outras complicações de saúde. Por isso, fique sempre atento aos sintomas:

  • Dor abdominal;
  • Gases;
  • Diarreia;
  • Prisão de ventre;
  • Infecções urinárias;
  • Cansaço;
  • Indisposição;
  • Irritabilidade;
  • Insônia;
  • Dores de cabeça.

Principais Consequência do Desequilíbrio Intestinal

Aumento da permeabilidade intestinal

O desequilíbrio da população microbiana compromete o tecido intestinal e aumenta sua permeabilidade, ou seja, abre “brechas” na parede do intestino e, assim, fica mais fácil a passagem de agentes causadores de doenças, que antes seriam barrados.

O aumento da permeabilidade intestinal favorece a absorção de toxinas; de microrganismos patogênicos, como bactérias e fungos; e aumenta presença de antígenos, capazes de desencadear reações alérgicas e processos inflamatórios.

Sistema imune comprometido

Além de formar uma barreira física de proteção, chamada de mucosa intestinal, os microrganismos que colonizam o intestino participam da ativação do sistema imunológico, por isso, quando existe uma disbiose, o organismo fica mais susceptível ao desenvolvimento de doenças.

A maior parte do sistema imunológico está localizado no sistema gastrointestinal. As células responsáveis pela produção dos anticorpos estão, em sua maioria, situadas na mucosa do intestino. O equilíbrio da população de microrganismos é fundamental para a modulação do sistema imune.

Relação da Disbiose e a Deficiência de Vitamina

A microbiota intestinal tem papel importantíssimo no equilíbrio dos níveis de vitaminas. Ela contribui não só na absorção de nutrientes e vitaminas provenientes da alimentação, mas também no processo de produção de algumas vitaminas.

Algumas vitaminas participam da estruturação de enzimas, e quando há vitaminas insuficientes no organismo, as funções enzimáticas ficam comprometidas e ocorre uma produção maior de toxinas no corpo. Todo esse desequilíbrio compromete o bom funcionamento do corpo e propicia alterações intestinais, metabólicos, musculares, circulatórios e cerebrais.

Relação entre a deficiência de vitamina D e o desequilíbrio intestinal

Estudos recentes vêm demonstrando que a vitamina D pode ter uma relação direta com a microbiota intestinal. A deficiência de vitamina D pode contribuir para o desequilíbrio da microbiota intestinal, desregulando a barreira bacteriana entérica e modificando a permeabilidade dessa barreira intestinal, o que aumenta a susceptibilidade do organismo desenvolver doenças, como a colite.

O uso de probióticos pode aumentar a expressão dos receptores de vitamina D presentes no intestino e aumentar, consideravelmente o nível de vitamina D ativa no organismo. A administração de Lactobacillus reuteti e Lactobacillus plantarum foram usados em estudos recentes, e os dados apresentados foram positivos, demonstrando um aumento nos níveis de vitamina D e, ainda, uma diminuição da inflamação intestinal.

Conheça mais sobre os benefícios da vitamina D e qual a dosagem ideal lendo nosso artigo: Conheça 9 Benefícios da Vitamina D.

Como Cuidar Do Intestino e Manter a Microbiota Saudável

Segundo o Centro de Cirurgia Digestiva (CCD), uma alimentação balanceada e algumas mudanças nos hábitos de vida já contribuem positivamente para melhorar a diversidade da flora intestinal, fortalecer a imunidade e melhorar o bem-estar e o humor.

Algumas mudanças simples já podem ajudar muito no cuidado com a saúde intestinal:

  • Tenha uma dieta equilibrada, com bastante frutas, verduras e legumes.
  • Beba água suficiente durante o dia. Para saber a quantidade média de água ideal para você, basta multiplicar seu peso por 35mL. Exemplo: 60kg X 35mL = 2,1L de água (essa seria a média de água ideal por dia para uma pessoa que pesa 60kg).
  • Pratique atividade física. A motilidade intestinal melhora muito com a prática de exercícios e a evacuação fica mais fácil.
  • Consuma probióticos para ajudar a equilibrar a população microbiana intestinal.
  • Evite o excesso de alimentos ricos em açúcares e gorduras.
  • Evite o consumo de álcool e cigarros.
  • Não use medicamentos indiscriminadamente, sem orientação médica.

Existem alguns suplementos que ajudam muito na modulação intestinal, como os probióticos e os prebióticos, enzimas digestivas, alguns fitoterápicos. Consulte seu médico e seu farmacêutico, e comece já a cuidar do seu intestino.

O cuidado com a saúde intestinal é tão importante que o dia 29 de maio foi intitulado o Dia Mundial da Saúde Digestiva. Segundo o Ministério da Saúde, a data foi instituída pela Organização Mundial de Gastroenterologia para orientar a população a respeito da importância do diagnóstico precoce de doenças do aparelho digestivo. De acordo com a Organização, cerca de 20% da população global sofre algum tipo de problema intestinal e 90% dessas pessoas não procuram orientação médica.

O falta do diagnóstico e do tratamento adequado compromete severamente a qualidade de vida do indivíduo e pode desencadear outras doenças que afetem outros sistemas, como o cardiovascular e o cerebral.

Entenda a interferência do desequilíbrio intestinal no desenvolvimento de doenças neurodegenerativas lendo nosso artigo: Entenda a Relação do Desequilíbrio do Intestino e Doenças como Parkinson.

Cuidar do intestino é cuidar da saúde de todo o corpo. E aí, como anda a sua saúde intestinal?

Conheça a BS Pharma!

BS Pharma é uma farmácia de manipulação que está há quase 30 anos no mercado farmacêutico, prestando um serviço com a qualidade e a segurança que nossos clientes merecem e precisam.

Possuímos um processo produtivo inovador e uma equipe altamente qualificada que permite a manipulação de fórmulas em 2 horas*.

Seguimos em frente com nossa missão: oferecer soluções em longevidade e bem-estar à sociedade através de serviços inovadores com excelência e agilidade.

Conheça nosso site, visite nossa loja, venha viver mais e melhor com a gente!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: