Diferença entre os Tipos de Magnésio e seus Benefícios

diferença-entre-os-tipos-de-magnésioe--seus-benefícios

O magnésio é um mineral essencial para o bom funcionamento do organismo. Atualmente existem no mercado muitas opções de suplementação de magnésio, o que pode nos deixar em dúvida sobre qual escolher.

Neste post vamos explicar a diferença entre os tipos de magnésio e seus benefícios. Portanto, se você também não sabe a diferença entre eles e qual é o melhor para você, se liga!

Magnésio e seus benefícios

O Magnésio é um mineral essencial para a saúde do corpo. Ele tem mais de 350 funções no organismo e está envolvido no funcionamento do coração, na formação dos ossos, na função intestinal, no relaxamento de vasos sanguíneos e no funcionamento dos músculos.

Recomendação diária de Magnésio

De acordo com o regulamento técnico da Anvisa, o consumo diário recomendado de Magnésio varia de acordo com a idade, sexo e grupo de risco, mas indica-se de forma geral uma ingestão de 36 a 270 mg por dia.

As principais fontes alimentares de magnésio são os cereais integrais, como granola e a aveia, vegetais folhosos verdes como couve e espinafre, em sementes de abóbora e gergelim, além de banana, abacate e castanha de caju.

Como na maioria das vezes não conseguimos ingerir as quantidades suficientes, através da alimentação, a suplementação é importante. Dependendo do tipo de magnésio que você vai consumir, a absorção e a biodisponibilidade no organismo vão ser diferentes.

Tipos de Magnésio

Cloreto de Magnésio

O Cloreto de Magnésio é composto pelo magnésio associado ao cloro. Geralmente é consumido diluído em água, por apresentar uma alta solubilidade, sendo administrado em pequenas doses durante o dia. O consumo de Cloreto de Magnésio pode “soltar” o intestino, podendo ser uma desvantagem para pessoas que tenham o intestino com funcionalidade normal, mas vantajoso para indivíduos que tenham o intestino preso.

Muitas vezes encontramos ele na forma de Cloreto de Magnésio PA (Para Análise), significa que esse composto possui alto grau de pureza. O cloro ajuda na produção de ácido clorídrico no estômago, que facilita a digestão dos alimentos e a absorção de nutrientes.

Já magnésio ajuda o nosso organismo a metabolizar da maneira correta o cálcio que ingerimos, garantindo que ele será fixado nos ossos. Sem o Magnésio, o cálcio pode se acumular nos rins, causando cálculos renais e nas artérias, o que as tornam mais rígidas e prejudica a circulação do sangue.

Magnésio Dimalato

O Magnésio Dimalato é formado pela sua associação ao ácido málico. É o composto de magnésio mais recomendado para o tratamento da fadiga e da dor muscular, já que tanto o magnésio quanto o ácido málico contribuem para a produção de energia.

O Magnésio Dimalato não afeta tanto as funções do intestino, podendo ser uma vantagem para as pessoas que apresentam o intestino com funcionamento regular.

Magnésio Quelato

O Magnésio Quelato é formado pela ligação do Magnésio à um aminoácido, geralmente à glicina (bisglicinato). Essa forma de magnésio favorece sua absorção pelo organismo. É uma opção segura para corrigir a deficiência de magnésio em longo prazo e tem menor capacidade de interferir no funcionamento do intestino

Magnésio Treonato

O Magnésio Treonato vem da associação do Magnésio ao aminoácido Treonina. Esse tipo de magnésio age, preferencialmente, no sistema nervoso central, equilibrando a conexão cerebral e a saúde dos neurônios, o que estimula a função cognitiva. É indicado pra pessoas com déficit de memória e dificuldade de concentração. Ajuda também na melhora da qualidade do sono e atua na prevenção de doenças neurodegenerativas, como o Alzheimer.

Aspartato de Magnésio

É uma forma de Magnésio que está ligado ao Ácido Aspártico, que é um aminoácido comum em alimentos ricos em proteínas. Ele facilita a absorção do magnésio.

O Aspartato de magnésio é comumente utilizado para tratar baixos níveis de magnésio no sangue e atua para um melhor desempenho do músculo cardíaco, além de melhorar a performance física.

Mas atenção! Pessoas com insuficiência renal, mulheres grávidas ou que estão amamentando não devem consumir o Magnésio sem antes consultar um médico. Ok?

Espero que você tenha entendido a diferença entre os tipos de magnésio e seus benefícios. Caso ainda tenha ficado com alguma dúvida, deixe nos comentários!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: