Queda de cabelo: causas e tratamentos indicados

Conhecida também como alopecia, a queda de cabelo excessiva é uma das principais preocupações estéticas da atualidade. Existem várias causas relacionadas e tratamentos indicados, que têm mais eficácia quando iniciados logo quando os fios começam a cair.

Principais tipos de queda de cabelo

Segundo o Ministério da Saúde, cair de 50 a 100 fios de cabelo por dia é normal – número insignificante comparado aos quase 150 mil que temos em todo o couro cabeludo. O problema surge quando ocorre uma queda mais acentuada dos cabelos, o que pode causar preocupação e afetar sua autoestima.

Alopecia areata

A alopecia areata é caracterizada pela perda de cabelo em regiões delimitadas e pode atingir cerca de 1% a 2% da população, tanto homens, quanto mulheres de qualquer idade, sendo que, em até 42% dos casos, ela é hereditária.

Os genes que determinam a alopecia areata podem sofrer a interferência de fatores ambientais como o estresse, por exemplo. Isso desencadeia uma resposta imunológica que ataca a raiz dos cabelos e pode afetar especialmente indivíduos com:

  • Diabetes,
  • Lúpus,
  • Vitiligo,
  • Rinite,
  • Problemas na tireoide.

O tratamento requer acompanhamento médico e geralmente é preciso fazer uso de corticoides de uso tópico. Portanto, se esse é o seu caso, procure um dermatologista para determinar o tratamento adequado.

Alopecia androgenética

A alopecia androgenética ou androgênica é um problema que pode levar à perda total ou parcial dos cabelos, especialmente no topo ou nas laterais da cabeça. Apesar de ser rara em mulheres, também pode ocorrer pelo mesmo fator hereditário. Nos homens, ocorre com maior frequência, já que cerca de 15% deles herdam o gene da calvície do pai.

Nos homens, a queda de cabelo em alguns casos ocorre em função da presença da Di-hidrotestosterona, hormônio produzido a partir da testosterona e da enzima 5-alfa redutase.

Esse tipo de queda recebe o nome de alopecia androgênica, que além de ser adquirida geneticamente, também pode ser causada por mudanças hormonais. A melhor forma de tratá-la é usando produtos que inibam a ação dessa enzima ou diminuam os efeitos causados pela Di-hidrotestosterona (DHT).

Apesar ser mais comum nos homens, também pode ocorrer nas mulheres, já que elas também produzem testosterona, mesmo que em níveis bem menores.  O Minoxidil é um vasodilatador com excelente ação no combate à queda porque consegue reverter a ação da DHT e melhorar a vascularização dos folículos.

Outros ativos ainda podem ser associados à fórmula para potencializar o seu efeito e proporcionar resultados mais rápidos e duradouros. A enzima 5-alfa redutase pode ter a sua ação inibida também por ativos de uso oral. O Zinco é um mineral que tem essa ação e pode ser encontrado em alguns suplementos vitamínicos específicos para o fortalecimento dos cabelos.

A queda capilar só não pode ser revertida nos casos em que ocorre a obstrução do folículo piloso, que quando chega nesse estágio não responde mais ao tratamento. Nesses casos, a única alternativa que resta é optar pelo transplante capilar realizado apenas por profissionais especializados.

Alopecia difusa

A alopecia difusa é caracterizada pela queda de cabelo progressiva e generalizada, ou seja, não atinge um local específico. Tanto homens quanto mulheres podem ser afetados e ela está relacionada ao uso de medicamentos, alimentação e fatores endócrinas, especialmente relacionadas à tireoide.

Alopecia cicatricial

A alopecia cicatricial ocorre devido a alguma má formação genética ou lesão no folículo piloso, como queimadura ou corte no couro cabeludo.

Principais causas da queda de cabelo

Além dos fatores genéticos, a queda de cabelo pode ser ocasionada por diversos outros motivos que estão listado a seguir:

Carência de nutrientes

Dietas muito restritivas ou pobres em vitaminas e minerais podem sim desencadear a queda de cabelo. Os folículos pilosos demandam grande quantidade de minerais, como o zinco e o ferro, para crescer. Já as vitaminas se encarregam de fortalecer as estruturas capilares.

O Pill Food é um suplemento composto por vitaminas e aminoácidos essenciais para os cabelos. A associação de diversos nutrientes na quantidade diária recomendada pode auxiliar na redução da queda capilar e ainda estimular o crescimento saudável dos fios.

Mudanças hormonais

As mulheres costumam ser mais susceptíveis a queda de cabelo de origem hormonal, pois convivem com alterações nos seus níveis de hormônios durante toda a vida:

  • Puberdade,
  • Uso de pílulas anticoncepcionais,
  • Gravidez,
  • Pós-parto,
  • Menopausa.

O acompanhamento de um endocrinologista é fundamental para identificar a origem do problema e realizar o tratamento específico. A queda de cabelo provocada pela gravidez e pós-parto são temporárias, e logo se normalizam.

Nesses casos, a suplementação com vitaminas e minerais pode proporcionar um ótimo resultado, uma vez que a gestação demanda uma maior quantidade de nutrientes no organismo.

Anemia

A deficiência de ferro pode ser causada por descontrole hormonal, inflamações, infecções ou mesmo carência nutricional, como citado acima. Além de sintomas como cansaço, dor de cabeça e fraqueza, a falta de ferro pode comprometer o crescimento dos cabelos e fragilizar os fios.

Nesse caso, é fundamental tratar a anemia através da suplementação com polivitamínicos que apresentem em sua composição ferro, Vitamina C e as vitaminas do Complexo B, em especial a Biotina.

Estresse

O estresse faz com que o organismo necessite de mais nutrientes do que o normal, mobilizando as reservas destinadas a outras partes do corpo. Além disso, nessas situações há maior produção de cortisol, hormônio que reduz a produção dos fios nos folículos.

O aumento do estresse eleva a demanda desses nutrientes no sistema imunológico e causa uma deficiência no couro cabeludo. Suplementos contendo vitaminas e minerais conseguem equilibrar essa deficiência e controlar os níveis de cortisol.

Agressões térmicas e químicas

Cuidar da aparência é importante, mas algumas pessoas podem ter uma fragilidade maior quanto ao uso de secador, chapinha e produtos químicos.

A recomendação é usar os aparelhos ocasionalmente e hidratar os fios após a aplicação de tinturas. Esses procedimentos implicam na perda da queratina, proteína fundamental para a manutenção da força e tração dos fios, e a sua falta deixa os cabelos sem vitalidade e quebradiços.

A queratina pode ser reposta com aplicações capilares ou com a suplementação. Procure um profissional especializado antes de aplicar qualquer produto nos cabelos. Vale a pena gastar um pouco mais no salão do que reparar os danos causados aos cabelos em tratamentos caseiros!

Micoses

O couro cabeludo pode ser afetado por micoses, levando à queda de cabelo localizada. Banhos quentes, excesso de suor e contato direto com o fungo são algumas das causas.

A infecção por fungos geralmente é acompanhada por descamação no local. Nesse caso, procure um dermatologista, esse profissional é capaz de analisar a lesão e determinar o tratamento adequado.

Uso de Medicamentos

A quimioterapia é o tratamento medicamentoso mais conhecido por causar queda de cabelo. No entanto, medicamentos para tratamento da artrite, depressão, problemas cardíacos e pressão alta também podem agravar o problema. Converse com seu médico sobre esse efeito colateral.

Envelhecimento

Quando envelhecemos, os cabelos se tornam mais fracos devido à diminuição da espessura do couro cabeludo e à menor quantidade de nutrientes que chegam ao local.

Com a idade, também aumenta a produção de radicais livres que contribuem para o envelhecimento e reduzem a absorção de nutrientes importantes para a formação dos fios capilares. Nessa fase é importante complementar a alimentação com suplementos contendo vitaminas, minerais e antioxidantes.

Independentemente da causa da queda de cabelo, sempre procure um profissional que possa te ajudar. Dermatologistas, endocrinologistas e nutricionistas são os mais recomendados para indicar os tratamentos de acordo com o seu quadro.

Ficou com alguma dúvida? Então escreva aqui nos comentários. Aproveite e leia também nosso post com 5 passos para manter os cabelos fortes e saudáveis!

Conheça a BS Pharma!

A BS Pharma é uma farmácia de manipulação que está há quase 30 anos no mercado farmacêutico, prestando um serviço com a qualidade e a segurança que nossos clientes merecem e precisam.

Possuímos um processo produtivo inovador e uma equipe altamente qualificada que permite a manipulação de fórmulas em 2 horas*.

Seguimos em frente com nossa missão: oferecer soluções em longevidade e bem-estar à sociedade através de serviços inovadores com excelência e agilidade.

Conheça nosso site, visite nossa loja, venha viver mais e melhor com a gente!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: