Temos 7 dicas para eliminar a acne, quem nunca teve que lidar com aqueles pontinhos vermelhos e doloridos no rosto? As espinhas são frequentes durante a adolescência e gestação, já que nessas fases há uma grande oscilação de hormônios no corpo, que induz o aparecimento da tão temida acne.

Porém, esse é um problema que pode ser enfrentado por pessoas de todas as idades devido aos outros fatores, como: estresse, má alimentação e má higienização da pele. Mas, como evitar o aparecimento da acne e eliminá-la de forma efetiva? Listamos seis dicas. Confira!

1. Lave o rosto com sabonetes próprios para a pele

Para fazer a correta limpeza da pele e, assim, evitar o surgimento de acne lave o rosto com um sabonete próprio, que controle a oleosidade. Repita o processo duas vezes ao dia, mas lembre-se: a pele do rosto é sensível e lavá-la seguidamente pode irritar ainda mais e aumentar a presença da acne.

2. Não durma com maquiagem

Dormir sem fazer a correta higienização do rosto e retirar todo o vestígio de maquiagem é um dos piores hábitos para manter a pela saudável. Isso porque a base, o pó ou o corretivo impedem que a pele respire e entopem os poros e causam ainda mais oleosidade, que ocasionam as espinhas.

3. Evite se expor ao sol por longos períodos

É comum que as pessoas orientem que quem tem acne precisa tomar sol para melhorar a aparência da pele. Porém, o sol ocasiona uma falsa melhora, pois a quantidade de acne tende a aumentar depois de um tempo.  Para as pessoas que têm muitas espinhas o aconselhável é se proteger do sol evitando as exposições prolongadas em períodos com alta radiação solar.

4. Faça limpezas de pele

Para amenizar a acne, a limpeza de pele realizada por um profissional da área é indicada, pois ajuda a desobstruir os poros. Porém, é preciso ficar atento, uma vez que o procedimento só deve ser realizado por profissionais treinados, já que uma limpeza de pele mal feita pode aumentar a presença de acne e deixar marcas definitivas na pele.

5. Nunca esprema as espinhas

Por mais que as espinhas doam e incomodem é importante ter em mente que elas são resultados de um processo inflamatório e espremê-las pode causar danos irreversíveis à pele, como as tão temidas cicatrizes. Além disso, sem a correta higienização, a tentativa de eliminar a acne pode aumentar ainda mais a inflamação, que vai piorar a aparência e prolongar o processo de recuperação.

6. Use produtos anti-acne

Existem no mercado produtos específicos para o controle da acne chamados de secativos, que podem ser usados quando o grau de intensidade das espinhas não é tão grave. Contudo, esses medicamentos servem apenas para acelerar o processo de amadurecimento da acne e recuperação da área lesionada.

O ideal, para eliminar o mal pela raiz é usar cremes específicos, que tratam a acne. Na sua composição, possuem substâncias com ação anti-bactericida, que impede a proliferação de bactérias além de proporcionarem efeito  anti-inflamatório.

7. De dentro pra fora

Outra forma eficaz de tratar a acne é consumindo sumplementos que inibam a inflamação e o crescimento da bactéria causadora da Acne.
Estudos recentes demonstram que a unidade polissebácea apresenta maquinaria completa para sintetizar produtos inflamatórios, incluindo o LTB4.
O consumo de suplementos contendo EPA, encontrado no Óleo de Peixe, e o GLA (Ácido Gama Linolênico), encontrado no Óleo de Borragem, inibem a liberação dessa substância responsável pela formação e inflamação da acne.

Para complementar o tratamento, além do uso de produtos de uso externo com ação bactericida, o fundamental é utilizar agentes que inibam o crescimento dos microorganismos causadores da acne de dentro pra fora. Uma alternativa natural e eficaz pode ser feita através do uso de Probióticos (Lactobacillus) de uso oral que impedem o crescimento de bactérias na pele, impedindo assim o surgimento da Acne.

Alguns estudos científicos já demonstram a capacidade de variados Lactobacillus em inibir o crescimento da bactéria causadora da Acne.

E você, tem outra dica para acabar com as espinhas? Ficou com alguma dúvida? Escreva pra gente pelos comentários.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *