Já passou pela sua cabeça a importância da memória? É por meio dela que criamos nossa identidade, que reconhecemos as pessoas importantes na nossa vida e que guardamos as boas lembranças. Para ter uma mente saudável e também retardar o aparecimento de doenças é imprescindível tomar alguns cuidados. No post de hoje, separamos algumas dicas importantes para você cuidar da sua memória. Vamos lá?

Praticar exercícios

Por meio das atividades físicas é possível promover a produção de neurônios associados ao aprendizado e a memória. O aumento da capacidade da memória pode ser sentindo, quando estabelecemos e mantemos uma rotina de exercícios. A frequência nos exercícios também está associada à criação de novas células responsáveis pela neurogênese (formação de novos neurônios no cérebro). Além disso, pessoas que praticam exercícios físicos apresentam melhorias de memória espacial, habilidade de multitarefa e capacidade de inibir a perda de memória.

Alimentar-se bem

Além do avanço da idade e da falta de exercícios, a má alimentação pode agravar casos de perda de memória em longo prazo. Existem nutrientes importantes para a saúde mental, um deles é o ômega 3. Alguns dos alimentos que são fontes dessa vitamina são: quinoa, linhaça, chia, salmão, morango, tomate e uva. Esses alimentos auxiliam na prevenção de doenças como Parkinson e Alzheimer.

Dormir bem

O hábito de dormir bem é essencial para a manutenção de uma mente saudável. Pessoas que estão acordadas há mais de 16 horas tem um desempenho cognitivo (uma velocidade de aprendizado) menor do que pessoas acordadas há menos de 16 horas. Durante o período de sono são produzidos hormônios essenciais para o nosso organismo.

Técnicas para melhorar a memória

Associação de imagens

Para o nosso cérebro, é mais fácil lembrar-se de alguma informação, quando ela é associada a alguma imagem em um contexto. Por isso, quando precisar ir ao mercado, por exemplo, e tiver que se lembrar de comprar pães, laranja, ovos, manteiga e detergente, pense em uma história. Uma ideia para esse caso seria pensar em toda família tomando café da manhã, comendo pão com manteiga, omelete e tomando suco de laranja e de alguém lavando a louça, depois da refeição.

Fazer exercícios mentais

Esses exercícios podem ser feitos memorizando a ordem de um baralho ou fazendo palavras cruzadas, por exemplo. Para manter a mente ativa é necessário utilizar o seu potencial. Atividades como o xadrez ou o aprendizado de uma língua estrangeira podem auxiliar nessa tarefa.

Ser ativo socialmente

Ter conexões com outras pessoas ajuda na manutenção de um cérebro saudável. Os relacionamentos com outras pessoas aumentam o desempenho cognitivo.

Aprender a lidar com o estresse

O estresse é um dos causadores da perda de memória. Pessoas que não lidam bem com a pressão do dia a dia acabam sendo mais afetadas por essas situações e o cérebro também é prejudicado.

Reforçar o organismo

Apesar de ser possível cuidar da mente sem produtos extras, dificilmente conseguimos manter uma rotina de exercícios, dormir bem, ter uma alimentação saudável e praticar exercícios para o cérebro com frequência. Por isso, cápsulas de Ginkgo BilobaCiticolina e o complexo vitamínico de Citicolina podem ajudar. Clique nos links para saber as indicações, composição e posologia de cada um.

Categorias: Saúde Mental

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *