Todo mundo esquece as coisas de vez em quando, e isso pode se tornar mais comum com o passar do tempo. No decorrer dos anos, algumas mudanças acontecem no corpo, mas é possível adotar alguns hábitos e medidas para melhorar a qualidade de vida. Se a falta de atenção, agilidade e esquecimento são um incomodo, existem algumas atitudes para um envelhecimento ativo. Conheça algumas maneiras simples e cuidados a seguir.

Confira maneiras simples e cuidados para um envelhecimento ativo

1. Exercite o cérebro

Assim como a atividade física ajuda a manter o corpo em forma, atividades que estimulem o cérebro são essenciais para manter uma mente ativa e concentrada. Há alguns anos, o médico Larry Katz, autor do livro “Mantenha seu cérebro vivo”, criou a neurobica, conjunto de atividades que tem por foco exercitar o cérebro através dos cinco sentidos, fazendo com que o praticante preste mais atenção nas atividades rotineiras.

Algumas práticas da neurobica são: alternar o relógio de pulso de tempos em tempos, vestir-se de olhos fechados, escovar de dentes alternando as mãos, lembrar-se dos detalhes e objetos que se encontram nos lugares por onde passar e experimentar novos pratos durante as refeições.

Existe também outros hábitos que costumam ser boas atividades para exercitar o cérebro e mantê-lo ativo, concentrado e alerta. Palavras cruzadas, jornais, livros e jogos de xadrez e damas costumam ser eficazes. Faça rotas alternativas de caminhos habituais, aprenda a tocar um instrumento musical, tome aulas de dança e teatro ou mesmo seja voluntário em um projeto de sua cidade.

Em alguns casos, o uso de medicamentos pode ajudar a melhorar a memória. Consulte um profissional especializado para saber qual o produto que mais se adéqua a sua condição para ter um envelhecimento ativo e com qualidade de vida.

2. Mantenha a ordem das coisas

Mantenha a ordem e a organização em casa e no trabalho pode ser um grande diferencial para se manter concentrado. Segundo o psiquiatra e consultor Daniel Barros, um ambiente organizado pode facilitar os estudos, aumentar o desempenho produtivo no trabalho, além de reduzir o estresse.

Outra boa dica para um envelhecimento ativo é não tentar fazer tudo ao mesmo tempo, pois assim é mais fácil se distrair. Se você se concentrar no momento e executar somente aquela atividade ou se atentar para determinada informação, elas se fixarão com mais facilidade e você se lembrará mais tarde.

A desordem pode ser um inimigo na hora de se lembrar das tarefas. Anote compromissos, deveres e eventos em uma agenda ou tablet. Uma dica: quando for anotar a tarefa e o dia, leia-o em voz alta e, ao cumprir o planejado, risque. Mantenha carteiras, chaves, celular e outros itens essenciais sempre no mesmo lugar, seja na cômoda assim que entrar em casa ou no móvel do quarto. O importante é criar um habito que agilize as atividades do dia a dia.

3. Socialize regularmente

Interações sociais são de fundamental importância para todas as pessoas, especialmente ao passar dos anos. Socializar com pessoas queridas e interessantes gera uma sensação de bem estar e pode levar a melhoras significativas no humor, promovendo a saúde e a qualidade de vida. A família é de fundamental importância, e a atenção e o cuidado são essenciais.

Além disso, a interação social ajuda a afastar a depressão e o estresse, fatores que contribuem para a perda de memória. Não perca as oportunidades de se reunir com amigos e familiares, e preze por uma conversa de qualidade e conteúdo.

4. Desfrute de uma dieta equilibrada

Uma alimentação saudável, variada e equilibrada é boa tanto para o cérebro quando para a saúde, e pode dar mais disposição para o dia a dia. Preze pelo hábito de consumir diariamente frutas, vegetais, grãos e cereais integrais, azeite de oliva extra-virgem e suplementos de ômega 3. Esse composto é de extrema importância para o organismo, pois atua em processos inflamatórios e na regulação da função genética, prevenindo problemas cardíacos, articulares e casos de depressão.

O que você bebe também é importante: a hidratação é o fator chave para o bom desempenho do organismo. Além de resultar em doenças como hipertensão, cálculos renais e até em má digestão, a má hidratação em pessoas mais velhas pode levar à confusão mental e perda de memória.

5. Gerencie sua saúde

Lembre-se que a maioria dos problemas crônicos aparece em longo prazo, ou seja, após uma vida desequilibrada na alimentação e/ou sedentária. Intestino, estômago, cérebro, coração, fígado, rins e demais órgãos trabalham em conjunto. Se um não está bem, certamente mais cedo ou mais tarde algum ficará ruim também.

Realize visitas periódicas ao seu médico e siga as orientações corretamente. Lembre-se de adotar uma rotina mais saudável para colher os benefícios mais tarde. Quanto mais você se cuidar, mais jovem irá se sentir, e por mais tempo.

6. Mexa-se todos os dias

A atividade física é essencial para garantir a qualidade de vida na terceira idade. A prática de exercícios melhora a circulação sanguínea, aumentando o fluxo de sangue para todo o corpo, inclusive o cérebro.

A movimentação do corpo e dos membros é essencial. O ato de andar — assim como o de abaixar-se e levantar-se, de esticar-se para pegar alguma coisa colocada em um ponto mais alto, entre tantos outros movimentos — é imprescindível.

A ausência de atividades físicas ao longo dos anos aumenta sensivelmente a possibilidade de desenvolvimento de doenças crônicas não-transmissíveis (as chamadas DCNT). Assim, diabetes tipo 2, hipertensão, acidente vascular cerebral (AVC), osteoartrite e doenças respiratórias, entre outras, encontram caminho fácil para se instalar. Por isso a importância da adoção de atividades físicas regulares.

7. Durma bem

O sono desempenha um papel importante na consolidação de memórias. Despertar de uma noite de sono com qualidade refresca a memória, limpa os pensamentos e melhora as conexões cerebrais, deixando-as prontas para o dia que se inicia.

Para garantir uma boa noite de sono e se livrar da insônia, pratique atividades relaxantes, como o Yoga, mantenha seu quarto organizado, troque a televisão por um bom livro antes de dormir e tome um bom banho relaxante para aliviar as tensões.

Com essas dicas fica mais fácil ter um envelhecimento ativo, com qualidade de vida garantida!

E você, o que faz para se manter jovem e saudável? Conte pra gente nos comentários.

Categorias: Longevidade

1 comentário

A importância da suplementação na terceira idade - BS Pharma · 19 de outubro de 2017 às 13:20

[…] saúde em dia. E não se esqueça de se exercitar regularmente! Dessa forma, será possível ter um envelhecimento ativo e […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *