Dores articulares normalmente tem origem na ineficiência do organismo em controlar uma inflamação. Algumas dores podem ser também decorrentes de doenças degenerativas, como a artrose. Mas quando esse não é o caso, existem algumas ações que podem ser tomadas para aliviar esse incômodo.

Alguns tratamentos podem ser realizados através da reposição de colágeno, de corticoides, anti-inflamatórios não-esteroides (AINEs), suplementos naturais ou mesmo a acupuntura, técnica milenar chinesa muito utilizada para aliviar ou curar dores articulares e outros males. As terapias alternativas mais atuais podem auxiliar as pessoas a promover sua saúde e, possivelmente, a cura.

Os remédios naturais são uma excelente alternativa para o tratamento de dores nas articulações. Confira agora como eles podem melhorar a qualidade de vida.

Tratando dores articulares com remédios naturais

Ômega 3

O Ômega 3 é uma gordura poli-insaturada considerada benéfica ao organismo, e se classifica como ácido graxo, encontrado geralmente no salmão, anchova, truta, sardinha, atum, sementes de chia, sementes de linhaça e nozes.

Estudos dirigidos pela Universidade de Bristol, na Inglaterra, mostram que esse composto tem a capacidade de reduzir sintomas da inflamação e rigidez crônica nas articulações. O ômega 3 também é conhecido por reduzir a coagulação sanguínea, o nível de triglicerídeos, e a pressão arterial. Além disso, as pesquisas conduzidas indicaram que o composto foi capaz de reduzir 50% dos sintomas de osteoartrite, e é indicado, portanto, para combater e prevenir dores articulares.

Colágeno Hidrolisado

O colágeno hidrolisado recebe essa denominação pois passa por um processo químico de quebra, com o intuito de facilitar sua absorção pelo organismo sem que suas propriedades benéficas sejam perdidas. É uma proteína complexa que faz parte da composição dos tendões, pele e osso.

Por ser tratar de uma rede de fibrilas, o colágeno é responsável por manter a flexibilidade e a força das articulações, que geram dor e incômodo ao se desgastar. Faz-se então, necessária sua reposição no organismo. O colágeno hidrolisado é obtido a partir de cartilagens de animais, e pode ser encontrado no mercado em forma de sachê, como o Colágeno Hidrolisado Puris.

Colágeno tipo II

O colágeno do tipo II, encontrado no mercado como UC-II®, é a proteína estrutural encarregada da tração e firmeza da cartilagem, e atua na prevenção e tratamento de doenças osteoarticulares que incidem sobre as articulações. Com tal finalidade, é de fundamental importância repor essa proteína, para garantir o bem estar e funcionamento do corpo. A administração de colágeno tipo II em adultos saudáveis diminui as sensações dolorosas pós-exercício e aumenta a flexibilidade de articulações, em uso em longo prazo.

A inflamação se dá pelo ataque à cartilagem produzida pelo organismo, quando esse é incapaz de reconhecer tal estrutura. Em tais casos, o UC-II® é capaz de dessensibilizar o sistema imunológico, de forma a prevenir o “ataque” auto imune às cartilagens. Por consequência há um bloqueio da inflamação, reduzindo as dores articulares. Quando o organismo cessa o ataque às cartilagens, é restabelecida a homeostase entre quebra e síntese do colágeno tipo II, devolvendo a mobilidade e o conforto, promovendo melhora da qualidade de vida.

Glucosamina e Condroitina

Estes compostos são amplamente utilizadas tanto para atletas quanto para indivíduos com doenças ósseas e articulares, e têm o objetivo de estimular a formação cartilaginosa ou mesmo garantir proteção e evitar dores.

A glucosamina e a condroitina são componentes próprios das cartilagens da articulação, e do líquido presente nessas, mas que podem sofrer redução em sua produção com o passar do tempo. Assim, muitos especialistas sugerem a suplementação para aliviar a dor e ajudar na regeneração do corpo. A melhor forma de absorção para ambos ocorre em forma de sulfato. Consulte um profissional especializado para saber qual a dosagem adequada para uso.

Vitaminas e minerais

Cálcio, magnésio e zinco, e as vitaminas C e D são nutrientes essenciais para a formação das cartilagens e manutenção dos ossos e tendões. Sem a reposição por meio de dieta ou da suplementação, os aminoácidos sozinhos não conseguem reparar a quantidade de colágeno necessária. É a partir daí que as dores se iniciam e doenças autoimunes conseguem avançar.

O cálcio e vitamina D atuam de forma conjunta, e devem ser suplementados em conjunto, caso não haja um consumo adequado do mineral. Às gestantes, esse cuidado deve ser ainda maior. É necessário acompanhar durante a gravidez os níveis de vitamina D e ingerir alimentos fontes de cálcio, ou suplementar quando preciso, sempre sob orientação médica. Manter o equilíbrio garantirá saúde óssea e fortalecimento do sistema imunológico ao bebê desde o momento do nascimento.

Fitoterápicos

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), os fitoterápicos são: “medicamentos obtidos a partir de plantas medicinais. Eles são obtidos empregando-se exclusivamente derivados de droga vegetal (extrato, tintura, óleo, cera, exsudato, suco, e outros).”, e tem por função substituir os fármacos sintéticos.

Estudos mostraram que algumas plantas medicinais podem aliviar as dores e auxiliar no tratamento de algumas doenças. São elas: Zingiber officinale (raiz do gengibre); Curcuma longa (tubérculo da cúrcuma); Boswellia serrata; e Arnica montana (flores da arnica). Todas possuem propriedades anti-inflamatórias e parecem produzir bons efeitos.

Antes de aderir aos fitoterápicos, é muito importante que consulte um médico a fim de avaliar a real necessidade, os benefícios e riscos, bem como as dosagens e formas de uso desse tipo de medicamento natural.

Você sofre com dores articulares? Como costuma tratá-las? Conte para a gente!

Os remédios naturais são uma excelente alternativa a ser agregada a um tratamento em andamento. Consulte um profissional especializado e veja qual a melhor forma de adotá-los no seu dia a dia. Com uma boa alimentação e a prática regular de atividade física, é possível ter uma melhor qualidade de vida, garantindo a saúde das articulações.

Se você sofre de artrite, conheça algumas outras formas naturais para tratá-la.

colagenos


12 comentários

Jose pedro · 3 de janeiro de 2017 às 09:46

Muito bom seu artigo.

    Douglas Fabris · 3 de janeiro de 2017 às 13:59

    Que bom que gostou Jose Pedro, obrigado pelo comentário e por acompanhar nosso Blog. Se tiver alguma dúvida pergunte pra gente e fique ligado nas próximas publicações! 😀

    Fernanda Sathler · 21 de março de 2017 às 12:48

    Que bom que gostou Jose Pedro, obrigado pelo comentário e por acompanhar nosso Blog. Se tiver alguma dúvida pergunte pra gente e fique ligado nas próximas publicações! 😀

Maria Lopes · 6 de janeiro de 2017 às 10:03

muito bom o seu artigo

    Douglas Fabris · 9 de janeiro de 2017 às 10:04

    Oi Maria, tudo bom?
    Obrigado pelo comentário e por acompanhar nosso Blog. Fique ligada nas próximas publicações! 😀

    Fernanda Sathler · 21 de março de 2017 às 12:48

    Oi Maria, tudo bom?
    Obrigado pelo comentário e por acompanhar nosso Blog. Fique ligada nas próximas publicações!

Jane Reis · 10 de janeiro de 2017 às 12:26

Muito bom o seu artigo.

    Douglas Fabris · 11 de janeiro de 2017 às 10:27

    Oi Jane, tudo bom?
    Obrigado pelo comentário e por acompanhar nosso Blog. Fique ligado nas próximas publicações! 😀

    Fernanda Sathler · 21 de março de 2017 às 12:47

    Oi Jane, tudo bom?
    Obrigado pelo comentário e por acompanhar nosso Blog. Fique ligado nas próximas publicações!

JANETE · 2 de fevereiro de 2017 às 12:06

Muito bom o seu artigo

    Douglas Fabris · 3 de fevereiro de 2017 às 10:10

    Obrigado pelo comentário e por acompanhar nosso Blog. Fique ligada nas próximas publicações! 😀

    Fernanda Sathler · 21 de março de 2017 às 12:47

    Oi Janete! Obrigado pelo comentário e por acompanhar nosso Blog. Fique ligada nas próximas publicações!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *